O esmalte dental tem como principal função a proteção dos dentes. O esmalte funciona como um escudo que protege o elemento dental das bactérias que podem gerar cáries, dos ácidos presentes na alimentação, até mesmo do desgaste causado pela escovação incorreta ou fraturas por sobrecarga da mordida. Quando ocorre seu desgaste, a dentina (parte interna) fica vulnerável, o que gera dor, e, se não tratado corretamente, pode ocasionar até a perda do dente.

Separamos neste post as 6 principais causas do desgaste do esmalte dental. A boa notícia: você pode prevenir parte delas com algumas mudanças de hábitos – nem sempre simples, é verdade, mas que valem a pena. Confira.

1) Bruxismo

O bruxismo é uma desordem funcional caracterizada pelo ranger ou o aperto forte dos dentes. Portanto, esse hábito, gradativamente, causa o desgaste no esmalte dental. O distúrbio é assintomático no início e, geralmente, acontece durante o sono. Com o tempo, alguns sintomas podem surgir, como o próprio desgaste no esmalte, dores bucais, sensibilidade e/ou fraturas nos dentes, por exemplo.

Você pode se inteirar mais a respeito do assunto, baixando nosso eBook: Bruxismo – de A a Z.

2) Doenças gástricas

Algumas doenças gástricas, como refluxo gastroesofágico (DRGE) e gastrite, podem provocar o desgaste no esmalte dental. Também conhecida como erosão química, por meio da regurgitação. Isso porque o líquido que vem do estômago é altamente ácido e causa o desgaste, além de manchas e sensibilidade nos dentes.

Portanto, procure um especialista. O tratamento pode incluir medicamentos, mudanças na alimentação e adoção de novos hábitos. Não se esqueça de ter uma boa higiene bucal e consumir muita água. Isso protege o esmalte dos dentes contra o desgaste.

3) Alimentos e bebidas ácidas

O consumo frequente e em altas quantidades de alimentos e bebidas ácidas é um perigo para o esmalte dos seus dentes. Isto é, tudo o que tiver um sabor mais “acentuado” pode provocar o chamado desgaste ácido – ou erosão ácida.

A ingestão, em um dia, de apenas quatro porções desses alimentos já é o suficiente para aumentar o risco da lesão na dentição. Então, veja a seguir alguns alimentos e bebidas que você deve exagerar no consumo:

• Frutas cítricas, como abacaxi, laranja e limão;
• Vinho;
• Refrigerantes;
• Chá ou café preto;
• Vinagre;
• Ketchup;
• Molho de salada.

4) Cigarros

O hábito de fumar é péssimo para a saúde, inclusive para os dentes. O cigarro provoca o desgaste do esmalte, assim como, manchas e dentes amarelados.

Se só esse motivo não te convenceu a abandonar o vício, estudos provam que fumantes sofrem com a perda precoce dos dentes. Além disso, o pH da boca também tem alteração, o que provoca o aparecimento de cáries, periodontite e câncer na boca.

5) Uso de remédios

Você sabia que alguns medicamentos podem promover o desgaste da dentição? Por isso, fique atento com a ingestão dos seguintes remédios para não prejudicar a saúde dos seus dentes:

• Suplementos de vitaminas, por serem ácidos;
• Xaropes com muito açúcar;
• Remédios para asma, como broncodilatadores, devido ao sulfato de salbutamol;
• Aspirina, devido ao ácido acetilsalicílico.

Lembre-se sempre de avisar ao seu dentista sobre todo o tratamento medicamentoso que você segue, ok?

6) Bebidas energéticas

Sim, até os energéticos podem estragar o esmalte dos seus dentes. De fato, o potencial deles para isso é grande: o pH médio das bebidas energéticas é de 3,4. Quanto mais baixo esse fator, maior a acidez.

Não significa que você deva riscar da sua rotina. Mas sim ficar alerta na quantidade e frequência com que ingere. Se você é atleta e considera o energético parte do seu dia a dia, redobre a atenção e os cuidados com os dentes, além de sempre frequentar o dentista.

Por fim, o desgaste no esmalte dental pode ter várias causas. Apenas uma, ou um conjunto delas, já pode provocar a lesão no dente. Portanto, se possuir algumas dessas doenças ou hábitos, é bom ficar atento.

A melhor solução sempre é a prevenção. Tenha uma boa higiene bucal e mantenha em dia a rotina de visitas ao dentista.

Se você gostou desse artigo, compartilhe com os amigos e assine a nossa Newsletter para receber mais dicas. Quem sabe a gente consegue chegar a boas reflexões juntos? Agende uma avaliação pelo nosso WhatsApp – (16) 99600 – 1325. Estamos em São Carlos (SP).

Autor William Kabbach

William Kabbach formou-se em Odontologia pela Unesp Araraquara em 2005, mesmo ano em que ingressou no programa de Mestrado da Faculdade, onde na sequência concluiu também, seu Doutorado e Especialização em Dentística. Com vasto conhecimento na área de Odontologia Estética tem mais de 100 publicações, dentre elas artigos científicos, casos clínicos em revistas especializadas e capítulos de livros.

More posts by William Kabbach

Receba nossas novidades!


Leia Mais!